PEDALANDO COM MOLIÈRE

Filme do dia

O cineasta francês Philippe Le Guay começou sua carreira no início dos anos 1980 escrevendo roteiros de curtas-metragem. A estreia como diretor não demorou muito. Primeiro com um curta, depois um longa e dois telefilmes. Seu trabalho de maior repercussão nestes 30 anos como diretor é Pedalando Com Molière, de 2013. O próprio Le Guay escreveu o roteiro, com a colaboração de Emmanuel Carrère, a partir de uma idéia original que teve junto com o ator Fabrice Luchini. O filme conta a história de um respeitado ator, Serge Tanneur (Luchini), que decide se aposentar dos palcos e vai morar sozinho na pequena Ilha de Ré. Tudo ia bem até a chegada de um outro ator, Gauthier Valence (Lambert Wilson), bem popular por conta de uma série de TV. Gauthier convida Serge para interpretar o papel principal em uma adaptação da peça O Misantropo, de Molière. A oferta é recusada e, a partir daí, tem início uma série de jogos entre os dois atores. Apesar de bem diferentes, eles se conhecem há bastante tempo e nutrem um pelo outro um misto de amor e ódio. Le Guay insere nos diálogos falas de textos originais de Molière. O que garante conversas bem espirituosas entre Luchini e Wilson, perfeitos em seus papéis. E o melhor: não é preciso que você conheça a obra de Molière para divertir com este filme.  

PEDALANDO COM MOLIÈRE (Alceste à Bicyclette – França 2013). Direção: Philippe Le Guay. Elenco: Fabrice Luchini, Lambert Wilson, Maya Sansa, Camille Japy, Ged Marlon, Stéphan Wojtowicz e Annie Mercier. Duração: 104 minutos. Distribuição: Imagem Filmes.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 30 de abril de 2015

Uma resposta para “PEDALANDO COM MOLIÈRE”

  1. Um Molière típico, em nova roupagem. Imperdível!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software